<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3130456206145852982\x26blogName\x3dRevista+Fraude\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/\x26vt\x3d4683893385502453966', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Na Fraude #6: Crônica de relacionamentos

terça-feira, 25 de novembro de 2008


 O Brasil é o país onde os internautas passam mais tempo conectados, segundo consultoria da Ibope//NetRatings. Grande parte desses internautas está interessada em conhecer pessoas em redes sociais. Não é toa que cerca de dezenove milhões de brasileiros encontram-se registrados no Orkut. Entre trocas de recados e visitas em perfis, é comum que paqueras virtuais se iniciem.

Além do Orkut, há outros sites, mais específicos, para quem procura namoro, sexo ou um pouco de romantismo sem compromisso, é o caso do ParPerfeito, do SexLog, do AondeNamoro.com, dentre outros. A existência desses espaços virtuais facilita o encontro de pessoas que partilham das mesmas fantasias e carências, e ajuda que primeiros contatos aconteçam, quebrando a barreira da timidez habitual dos encontros pessoais.

O tema, que está incorporado no dia-a-dia de uma fatia considerável da sociedade brasileira, estará presente na Fraude #6.

leave a comment