<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3130456206145852982\x26blogName\x3dRevista+Fraude\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/\x26vt\x3d4683893385502453966', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Boneca Sai da Caixa

domingo, 30 de março de 2008

Fraude 3


Clique Aqui


O núcleo temático da Fraude 3 trouxe discussões sobre “Ficção e realidade: os labirintos do século XXI” uma matéria sobre o reality show policial Linha Direta, outra sobre metaficção histórica, além de rastrear a inspiração para o programa Pânico na TV! , o comediante americano Andy Kaufman.

Renovação constante da moda, literatura pop e programas infantis também tiveram espaço. Sobre cinema, a Fraude trouxe matéria sobre a nova abordagem do sexo, e outra sobre o monstro dos filmes de terror como representação do Outro. Salvador também apareceu mais na revista. Além de crônica sobre a crise do futebol baiano, foi publicado um guia sobre os cafés da cidade.


O professor André Lemos contribuiu com o conto “Palavras Escritas”, enquanto que o jornalista Danilo Fraga escreveu texto sobre “A jovem Jovem Guarda”, mostrando a influência da Jovem Guarda no novo rock gaúcho. Uma dessas bandas é o Cachorro Grande, entrevistada nesse número da revista.

Baixe a Fraude 3 CLIQUE AQUI

Petcom

Blog - Petiscos

Boneca, sai da caixa !

terça-feira, 18 de março de 2008

Exposição Fotográfica
"Boneca sai da Caixa"
Clique na imagem para ampliar

Imagens de corpos migrantes, figurações que retratam identidades nômades, sem fronteiras claras, que se recusam às classificações e aos modos socialmente aceitos de pensamento e de conduta. Corpos sexuados que posam para uma câmara amável, que convida a um recorrido não convencional. Fotos que mostram corpos de interface, corpos como mosaicos de peças desmontáveis, brinquedos de armar...

Boneca sai da caixa anuncia o título da exposição fotográfica realizada pelos monitores do Laboratório de Fotografia da Faculdade de Comunicação da UFBA, com vernissage marcado para o dia 3 de abril, no Instituto Cervantes.

Boneca, sai da caixa! Quase uma ordem para sair a brincar um jogo que nem sempre é risonho, por que mobiliza também intolerância, pré-conceito e violência.

As imagens desta mostra se comprometem com a paródia, com sua força política, com belezas deslocadas, com corpos em estado de tradução permanente. Os retratos deste jogo têm a possibilidade de oferecer pistas para pensar formas alternativas de estar no mundo, de amar, de ser viajantes do desejo.

Não é preciso ir longe nem sair de mala e cuia. Podemos ser nômades sem sair de casa, apenas jogando o jogo das máscaras, do faz de conta, como neste pequeno teatro montado em paralelo à Parada Gay de Salvador do ano passado. Atores cujas fantasias - cheias de detalhes, brilhos, lantejoulas e paetês – nos dizem que o verdadeiro está na aparência. Posaram sem pudores pelo prazer de anunciar que são o que escolheram ser e que máscaras não são caretas. Poderemos, algum dia, olhar para essas fotos como retratos das diferenças e não como desvios?

Pelo direito de ser, de existir e, principalmente, de brincar para além do dia da Parada Gay, as imagens produzidas por estes jovens fotógrafos podem ser visitadas todos os dias, entre 3 e 30 de abril, das 8 às 19 horas no salão de artes do Instituto Cervantes, situado na Ladeira da Barra.

Graciela Natansohn



O quê: Exposição Fotográfica "Boneca sai da Caixa".

Onde: Instituto Cervantes, Ladeira da Barra. Salvador, Bahia, Brasil.

Quando: 03 a 30 de abril.
(Inauguração às 19 horas; diariamente das 8 às 19 horas).

Quanto: Grátis.

Realização: Laboratório de fotografia da Facom - UFBA

Site: http://www.labfoto.ufba.br/

Telefone: (71) 3283-6185

Assessoria da exposição: Petcom-UFBA - petcom@ufba.br / (71) 3283-6186. Celular: (71) 8169-4612 – Hortência Nepomuceno.

Segunda Edição

segunda-feira, 17 de março de 2008

Fraude 2

Clique Aqui

Em sua segunda edição a revista Fraude já tinha uma cara definida pelo número de estréia. A grande mudança foi no foco da revista, que passou a explorar mais os temas relacionados à realidade soteropolitana, divergindo da abordagem universalista presente na edição anterior.

A matéria de capa discute o surgimento no Brasil de observatórios para monitorar a atuação da mídia em âmbito nacional. A revista traz também uma entrevista com o fundador e presidente da Articultura, a primeira agência de planejamento e gestão de patrocínios à projetos culturais no país, Yacoff Sarkovas. Além de matérias sobre o humor caótico de Hermes e Renato e o poder dos grandes empresários da comunicação.

Para falar de Salvador, a Fraude 2 trouxe matérias sobre os programas locais de televisão e seus apresentadores porretões, que misturam jornalismo, denúncia e assistencialismo; a atmosfera dos cinemas pornográficos; as altas e baixas do Rio Vermelho, que vive entre períodos de prosperidade e abandono; o museu do imaginário e as misturas entre o rock e a música negra regionalista protagonizada pelas bandas soteropolitanas.


Baixe a Fraude 2
CLIQUE AQUI


Petcom

Primeira Edição

Fraude 1

Clique Aqui

“Antes que nos denunciem, a gente estampa na capa. É Fraude mesmo. Aliás, o que não é fraude nesse mundo? É tudo cópia arrotando originalidade. Um monte de gente fazendo o que já foi feito e dizendo que foi o primeiro a fazer. Dizendo que é novo. Mentira. O novo é uma fraude – mas a Fraude não quer ser o novo. Então, o que é Fraude?”

Foi com este tom irreverente que a Revista Fraude 1 abriu o seu primeiro editorial e debutou, em 2004, carregando a responsabilidade de ser a primeira revista produzida pelos estudantes da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom/ UFBA).

Desde a estréia, a publicação focou em temas relacionados à cultura e a comunicação, além de subverter os formatos sedimentados nas grandes revistas sobre o assunto para construir um discurso próprio, marcado pela linguagem ousada e experimental. Daí a presença do tom ensaístico das matérias, marca dos primeiros quatro números da revista.

A matéria de capa prestou uma homenagem aos 75 anos do personagem Tintim, criado pelo desenhista belga Hergé – fazendo uma análise do mito do jornalista destemido. No miolo, discussões sobre a identidade do homossexual brasileiro, a internet como fonte de publicações alternativas, as limitações do rótulo MPB e muitas outras querelas.

A mãe de todas as demais Fraudes ainda apresentou uma marca que se tornaria tradição nas edições posteriores – a entrevista com personalidades ligadas ao mundo da cultura. A Fraude 1 trouxe uma entrevista com o jornalista Fábio Massari, que, dentre outras coisas, contou que Serginho Groisman foi seu professor de faculdade e revelou o que seria a “missão massariana”.



Baixe a Fraude 1
Arquivo PDF - CLIQUE AQUI


Petcom