<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3130456206145852982\x26blogName\x3dRevista+Fraude\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/\x26vt\x3d4683893385502453966', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

MUDAMOS

terça-feira, 8 de junho de 2010

Estamos agora em novo endereço:

WWW.REVISTAFRAUDE.COM

Fraude 7 no issuu

segunda-feira, 15 de março de 2010

Marcadores: ,

Lançamento da Fraude agita noite soteropolitana

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009


Após um ano de preparação, ocorreu na sexta-feira dia 27 de novembro de 2009 a festa de lançamento da última edição da Revista Fraude. O River’s Pub estava lotado, e o grupo Petcom pôde celebrar o resultado do trabalho com o público da revista, que logo estará disponível em sua versão web, para leitura na nossa conta issuu.
Mas, para quem quer adquiri-la impressa (sempre o fetiche do papel), a revista está a venda na sala do Petcom, na Faculdade de Comunicação da UFBA, e logo mais locais de venda serão divulgados. Exemplares para leitura também estarão disponíveis nas bibliotecas públicas e em alguns cafés e espaços culturais.
É um imenso prazer para o Petcom publicar mais uma edição da revista. Blogs de street style, o trabalho dos curadores, publicidades de motéis, o fenômeno dos audiolivros, a Cultura Racional, a distribuição de quadrinhos independentes e redes sociais através de cartas foram todos temas de pautas da edição. Além disso, puderam-se conferir os textos curtos que sempre servem de Preliminares ao conteúdo da Fraude, bem como uma HQ sobre o quebra-cabeças da vida metropolitana, roteirizada por Marcelo Lima e com arte de André Leal, uma crônica sobre vegetarianismo em Salvador e outra sobre a sorte de hoje do Orkut, uma entrevista com o pixel artist minusbaby e o perfil do alfaiate Antônio Andrade, além de uma fotografia inédita da jovem fotógrafa baiana Mariana David (confira aqui uma entrevista com ela) e uma ilustração de Bruno Marcelo.
A grande novidade dessa edição foi a quantidade de parcerias feitas pelo Petcom para produzir o conteúdo da revista. De repórteres a diagramadores, o grupo buscou muita colaboração de seus egressos e outros parceiros de trabalho, e podemos dizer que na festa, o Petcom não era o único a celebrar.
A animação da noite do público da revista ficou por conta do coletivo Muito Barulho por Nada, da banda Quarteto de Cinco (baixe aqui o CD homônimo da banda) e do DJ Ox, e para quem não foi, é possível ainda conferir fotos no Orkut da Fraude. A equipe da revista fica feliz com o resultado, e esperamos que o nosso público também fique!

Festa de lançamento Fraude 7 amanhã

quinta-feira, 26 de novembro de 2009


Após tantos meses de trabalho, pré-produção e produção da revista, finalmente chegou a hora de comemorarmos o lançamento da Fraude 7. Amanhã, a noite do River’s Pub será movimentada pelos fiéis leitores da Fraude, novos e velhos amigos da Macaquicha, além, é claro, dos bolsistas Petcom. A festa promete virar a madrugada, com diversão garantida pela Banda Quarteto de Cinco, o Coletivo Muito Barulho por Nada e o DJ Ox.

A Quarteto de Cinco, formada por Beto Calasans (Guitarra e Voz), Coelho (Contra-baixo e Voz), João Ramos (Voz) e Silvio de Carvalho (Guitarra e Voz), promete animar a noite com seu estilo marcado por múltiplas influências: Rock, Samba, Blues, Funk, Jazz, Baião, MPB ... O show da banda é repleto de surpresas, performances e musicalidade, trazendo ao palco suas influências e composições próprias. Em 2009, foi lançado seu primeiro CD homônimo, na forma on-line, disponível para download.

A diversão também será garantida pelo Coletivo Muito Barulho Por Nada, um grupo de amigos que resolveu se juntar para fazer barulho com tudo: música, prosa, poesia, literatura, cinema, teatro e muita improvisação. E para fechar a noite, teremos o som do DJ Ox.

Na festa, não perca a oportunidade de comprar a Fraude por apenas R$ 2,00 e entrar em contato com uma variedade de temas como literatura, música, cinema, mídia e tecnologia.

O que: Lançamento da Fraude 7 com apresentação da Banda Quarteto de cinco, do Coletivo Muito Barulho por Nada e de DJ Ox
Quando: 27 de novembro, a partir das 19h
Onde: River’s Pub (Rua da Paciência, 123, Rio Vermelho)
Entrada gratuita

Sexo em público

As histórias sobre publicidades polêmicas não são poucas. Das propagandas em cinemas sobre a Segunda Guerra e as polêmicas com mensagens subliminares duas décadas depois às publicidades televisivas banidas que vemos no youtube.
A polêmica pode ser interna, do conteúdo da própria publicidade, ou relativa mesmo à própria idéia ou produto que ela tente vender. Fraude traz pra você, nessa edição, uma matéria sobre os outdoors de motéis que vêm gerando conversas em Salvador.
Elas muitas vezes possuem boa qualidade gráfica, se espalham por áreas nobres e não deixam de gerar polêmicas. Conheça algumas das pessoas que trabalham com a área na cidade, descubra o seu processo de criação e como as pessoas nas ruas têm comentado esses trabalhos.

O mundo dos quadrinhos independentes

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Responda rápido: você acha que é fácil publicar uma revista em quadrinhos no Brasil? Errou quem disse que sim e acredita que para colocar uma HQ em circulação basta fazer alguns rabiscos com uma história qualquer em mente. Não é de hoje que os quadrinhistas de todo o país têm dificuldade para encontrar uma editora que se interesse e publique os seus suados trabalhos.

Mas, há uma luz no fim do túnel e uma alternativa se apresenta: o mundo dos quadrinhos independentes. Essa nova realidade, de publicações independentes, tem começado a representar a concretização da vontade de uma grande parcela dos artistas de HQ: ver os seus trabalhos circulando e sendo lidos por aí.

Certo é que uma das maiores complicações encontradas pelos quadrinhistas independentes é a venda e distribuição de seus quadrinhos, mas eles não parar por qualquer dificuldade. A movimentação começa a aumentar para que eles se tornem cada vez mais visíveis.

Curioso para saber quais alternativas o mundo dos quadrinhos independentes tem encontrado para sobreviver e não permanecer em segundo plano? Com o lançamento da Fraude 7, na sexta-feira, dia 27/11, às 19h, no River's Pub, todas as dúvidas poderão ser sanadas.

Marcadores: , , ,

O meticuloso trabalho da pixel art

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Quem vê o barbado rapaz ao lado pode até imaginar que a ilustração do americano minusbaby é algo simples, feito em um software de fácil usabilidade como o Microsoft Paint, pode se enganar feio. A pixel art, é uma forma de arte eletrônica extremamente complexa e de difícil execução, porque os artistas montam suas ilustrações a partir de cada pixel (menor elemento em uma imagem digital).

A pixel art ganhou popularidade a partir da década de 80, no bojo da disseminação dos games nas sociedades globalizadas. Apesar de muitas das ilustrações feitas em pixel ainda terem conexão com os games, atualmente existem também trabalhos descolados desta temática, como os minimalistas desenvolvidos pelo coletivo 8bitpeoples ou outros mais grandiosos, trazendo cidades inteiramente construídas em pixel, como a São Paulo feita para a capa da revista Época São Paulo.

Para saber como se trabalha pixel a pixel e quais as motivações de um desses artistas, aguarde o lançamento da Fraude 7, nesta sexta-feira!

Marcadores: , , ,

Cortes de Alfaiataria

domingo, 22 de novembro de 2009

Quem nunca ouviu falar que os cortes feitos pelos alfaiates nas suas oficinas de produção são precisos e perfeitos? Tida como uma arte, a alfaiataria nada mais é do que os atos de cortar e coser tecidos. Esses profissionais são especializados, na maioria das vezes, em criar roupas masculinas: fazem ternos, calças, coletes e tantas outras peças.

Mas uma coisa deve ser ressaltada: todo o trabalho da alfaitaria é feio artesanalmente. Não existem pedidos em larga escala, as roupas são feitas de acordo com as preferências e medidas do cliente.

O trabalho dos alfaiates surgiu na Europa, entre os séculos XII e XIV, quando a roupa deixou de ser um mero artefato para esconder o corpo, e passou a representar o status social das classes. As exigências, então, eram enormes. Os mestres alfaiates deveriam atender aos desejos e as necessidades de vestuário da sociedade, criando roupas cheias de detalhes e precisão. A arte da alfaiataria começava a se consolidar.

Se você não é tão a favor do modelo de roupa “pronto-a-vestir” e pede por personalização nas suas vestimentas, aguarde a Fraude 7. A nova edição trará surpresas de corte e costura.

Marcadores: , ,

A moda dos blogs de street style

Alguém já parou pra reparar, no transitar diariamente pela cidade, como algumas pessoas se vestem até mesmo de forma mais elegante que as mais recentes indicações das passarelas? Eles já. Fraude 7 traz pra você uma matéria sobre os blogueiros que fazem sucesso fotografando looks de anônimos abordados casualmente andando pelas ruas.
Saiba como eles vêm influenciando consumidores e mesmo estilistas com suas fotografias, mostrando como as pessoas “se vestem de verdade” em cidades do circuito da moda, como Milão, Paris e Barcelona.
Os looks que saem da rua e caem na rede, voltam para as ruas através de passarelas, tudo isso por conta desses fotógrafos blogueiros que resolveram apontar suas lentes para a sétima avenida ao invés das passarelas.






















Descubra na Fraude 7 quem são esses blogueiros e como se dá a entrada desse novo agente num circuito já cheio deles: o da moda.

O Universo em Desencanto de Tim Maia

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Tim Maia e os estudantes da Cultura Racional fizeram parte do boom esotérico da década de 70

A década de 70 foi uma época bastante mística na música brasileira. Foi nessa época que Jorge Ben lançou A Tábua de Esmeralda e África Brasil, dois álbuns com letras sobre alquimia e outros mistérios medievais. Entretanto, os mais polêmicos lançamentos dessa "MPB esotérica" foram os discos Racional Volume 1 e Volume 2, gravados (e depois tirados de circulação) por Tim Maia. O cantor havia ficado fascinado com o que havia lidos nos livros Universo em Desencanto, escritos por Manoel Jacintho Coelho, o fundador de uma crença chamada de Cultura Racional.

A história de Tim Maia com a Cultura Racional nunca esteve bem resolvida. Tim deixou o grupo em 1978, brigado com Manoel Jacintho Coelho e disparando contra toda a organização, taxando-a de golpista e aproveitadora. Também nunca ficaram muito claras as práticas, costumes e objetivos da Cultura Racional, mesmo com algum material produzido sobre o assunto, como uma matéria da Trip e este podcast, produzido por alunos de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero (SP).

Quer desvendar os mistérios do Universo em Desencanto sobre o qual Tim Maia cantava? Leia a revista Fraude 7!

Marcadores: , , ,