<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3130456206145852982\x26blogName\x3dRevista+Fraude\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/\x26vt\x3d4683893385502453966', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Eis os "fraudadores" II

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Rodrigo Lessa
http://www.petcom.ufba.br/perfis/rodrigo.htm
Vive uma crise existencial, pois enquanto diagrama a revista a sua existência é uma Fraude. Seus neurônios estão quase explodindo, como aconteceu há um ano quando participou pela primeira vez da revista. Pretende parar por aqui sua carreira como fraude e aprender a contar piadas que façam as pessoas rir – o seu estoque atual de anedotas frustra as expectativas. Mas frustrado mesmo, ele garante, ficarão aqueles que não lerem a Fraude 6. “Se você não ler a Fraude, só você não lerá!”

Paula Janay
http://www.petcom.ufba.br/perfis/paula.html
Ela dorme e sonha com a Macaquicha. Só que ao contrário da emoção de Nemo na Terra dos Sonhos, as aventuras fantasiosas têm enlouquecido o pobre espírito de Paula Janay Alves. Envolta nessa correria que é escrever e divulgar a Revista Fraude, ela perdeu o senso de realidade e seus pesadelos têm sido vividos na experiência cotidiana. Pior, ela não sabe mais se está vivendo a sua própria vida. “Vocês nunca viram uma Fraude como essa”, ela disse, com os olhos catatônicos refletindo uma espiral negra.

Carol Guimarães
http://www.petcom.ufba.br/perfis/carolina.html
Está na geração saúde. Seu adjetivo preferido é dietético, embora não confie nos Diet impressos nas embalagens. Mesmo na reta final da produção de lançamento da Revista Fraude, Carolina se mantém bela e harmoniosa, certa de que os leitores amarão a publicação. Por sinal, para ela a Fraude está cada vez mais linda e cheia de conteúdo interessante. Ainda por cima, não engorda!

Marcadores: , , , ,

  1. Blogger Marcelo Oliveira said:

    “Se não fosse a azeitona do martíni, ele já teria morrido de inanição” - Mae West sobre W.C. Fields

    Essa frase é a cara de Carol num dia feliz no Tijuana.

leave a comment