<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3130456206145852982\x26blogName\x3dRevista+Fraude\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/\x26vt\x3d4683893385502453966', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A necessidade de comunicar

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Na Fraude #3, publicada no ano de 2005, em uma das matérias da revista, foi tematizada a maneira como os jovens se comunicavam na Internet, as mudanças de hábito e as mudanças de comportamento que essas tecnologias proporcionaram, o que Marina Novelli, autora da matéria, chamou de Síndrome da Comunicação. Os sintomas dessa síndrome seriam a redução da noção de tempo, a tendência à auto-multiplicação, a aceleração dos processos digitais,  e a neurose da checagem. Confira a matéria na íntegra e baixe a Fraude #3, nesse link.

De lá pra cá, o número de usuários da Internet cresceu exponecialmente e, segundo dados de 2007, 15 milhões de pessoas estão utilizando a rede no Brasil . Não ter Orkut ou MSN é para raros. A mudança mais notável nesses três anos é que, atualmente, não é mais necessário todo aquele ritual de ir ao local em que há conexão, sentar à frente de um computador para estar dentro da rede. Os celulares, agora, possibilitam o acesso de qualquer lugar. As tecnologias móveis mudaram e tem o potencial de mudar as formas como nos comunicamos. Podemos acessar o MSN do celular, tanto como o Orkut, ou qualquer outra rede social.

Falando em rede social...  Nós nem queríamos, mas a Macaquicha, esse símio do sexo feminino que tomamos como mascote da Fraude nos governa, então, criamos perfis para a nossa mascote temperamental em toda a sorte de redes sociais: Facebook, Multiply, Orkut, Twitter, Last.fm etc, etc ad infinitum. Nos adicionem!

  1. Blogger Jéssica Passos said:

    É o novo diasafio é de desconectar, não é mesmo minha gente? Adoro essa intertextualidade entre trabalho e aulas de tecnologia.

leave a comment