<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3130456206145852982\x26blogName\x3dRevista+Fraude\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://revistafraude.blogspot.com/\x26vt\x3d4683893385502453966', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O que é a Fraude

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Em dezembro será lançada a quinta edição da Fraude, uma revista cuja principal proposta é pôr a cultura em pauta. De periodicidade anual, a publicação é inteiramente produzida pelos bolsistas do Programa de Educação Tutorial da Faculdade de Comunicação da UFBA. Ao longo de suas agora 44 páginas em preto e branco, a Fraude é uma publicação que trata de temas como cinema, mídia, música, tecnologia e literatura. Criada com o intuito de tentar movimentar, ainda que pontualmente, uma realidade soteropolitana escassa em revistas locais, a Fraude apresenta como um de seus pilares a idéia de que, mais do que ir para longe, tratar de cultura é tratar do que está ali, cada vez mais perto.

Desde 2003 a Fraude veio consolidando uma linha editorial bem específica. Por entender que falar de cultura é falar do que está ao nosso redor, a revista tem como um de seus maiores objetivos não se desvincular do contexto em que se encontra inserida: a cidade do Salvador. Assim, mesmo quando tratam de temas mais universais, as matérias são construídas de forma que não se perca de vista a conjuntura local - prática que vem se configurando como um dos traços mais característicos da revista.

Nas quatro edições já lançadas da Fraude, a revista já conversou com Fernanda Takai, vocalista da banda Pato Fú e já entrevistou também a banda Cachorro Grande. No âmbito televisivo, foram feitas matérias sobre os programas populares da tv aberta e sobre o programa Hermes e Renato. Além disso, a revista também discutiu as fronteiras entre ficção e realidade no formato do programa Linha Direta, o cinema independente baiano e a Literatura Pop.


Para saber mais sobre a história da Fraude, visite o site do PetCom

leave a comment